Aminoácidos BCAA

BCAA – Branched Chain Amino AcidsAminoacido-Bcaa

 

  Aminoácidos são pequenas unidades que formam uma estrutura maior chamada proteína, que por sua vez é a unidade básica do tecido muscular. Em nosso corpo ocorre a produção de alguns aminoácidos, outros devem ser adquiridos somente através alimentação, pois não são fabricados pelo nosso corpo. Estes são chamados de aminoácidos essenciais.São exemplos de aminoácidos essenciais: leucina, isoleucina e valina, que são aminoácidos de cadeia ramificada, encontrados principalmente em fontes protéicas de origem animal, através da dieta ou sintetizados individualmente em laboratório através da extração de proteína de origem vegetal ou animal e fermentação a partir de fontes de carboidrato para produção de suplementos alimentares, aminoácidos esses, muito utilizado tanto na indústria farmacêutica quanto na indústria alimentícia, conhecidos popularmente como os BCAAs, sigla derivada da sua designação em inglês: Branched Chain Amino Acids e em português ACR: Aminoácidos de Cadeia Ramificada.

Após a ingestão, os BCAAs são absorvidos no intestino e transportados até o fígado. No fígado, os BCAAs podem ser utilizados como substrato para síntese protéica e assim entram na construção dos músculos. Além disso, os BCAAs estimulam a produção de glutamina e alanina, entre outras substâncias.

Esses aminoácidos correspondem a 35% dos aminoácidos essenciais presentes em proteínas musculares do corpo humano, considerando que a massa muscular de humanos é normalmente variável entre 40 a 45% da massa corporal total, verificamos a importância e necessidade da correta ingestão desses aminoácidos, segundo a portaria nº222 de março/1988, MS, SVS, DOU. A necessidade diária dos BCAA para indivíduos saudáveis são as seguintes:

Isoleucina 10mg/kg ao dia

Leucina 10 mg/kg ao dia

Valina 14 mg/kg ao dia

Os BCAA aumentam a construção de proteínas musculares,reduzem sua degradação, fornecem diversos benefícios tais como: encurtamento do tempo de recuperação após exercício físico, aumento da resistência muscular, fonte alternativa de energia para diversos tecidos, auxilia na recuperação de micro traumas musculares, potencializa a liberação do hormônio do crescimento (GH), favorece a secreção de insulina, favorece processo de cicatrização, melhora do sistema imunológico, retarda a progressão de insuficiência hepática e renal, melhora do estado nutricional entre outros.

Comumente utilizado por atletas, praticantes de atividade física, idosos, pacientes debilitados, antes de cirurgias e pacientes alimentados por via enteral.

Referências:

Bassit, Reinaldo A. et.al, The effect of BCAA supplementation upon the immune response of triathletes; Official Journal of the American College of Sports Medicine, 2000.

Batistuzzo, J A; Itaya, M; Eto,Y. Formulário Médico-Farmacutico. São Paulo: Tecnopress,2002.

Junior, Moacir Pereira; Aspectos atuais sobre aminoácidos de xadeia ramificada e seu efeito ergogêncio no desempenho físico humano, Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. v. 6. n. 36. p.436-448. Nov/Dez. 2012. ISSN 1981-9927.

Junior, Moacir Pereira, Aspectos Atuais Sobre Aminoácidos de Cadeia Ramificada e Seu Efeito Ergogênico no Desempenho Físico Humano, Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. v. 6. n. 36. p.436-448. Nov/Dez. 2012. ISSN 1981-9927.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>